Harmonização de cores na decoração - Bucalo
Loja Augusta: (11) 3189-0020
Loja Shop. D&D: (11) 2663-8230
Loja Al. Gabriel: (11) 3062-6481
Revenda: (11) 3087-7877

Harmonização de cores na decoração

Publicado em 03/08/2016

Atualmente há uma grande diversidade de cores, texturas e padrões para o papel de parede. E é aí que nasce o desafio: como conseguimos combiná-los com outros papéis de parede, com paredes coloridas, com os objetos e móveis da casa, sem que vire um carnaval ou fique sem graça demais? Ensinaremos hoje um pouco sobre a teoria das cores, para que você possa entender a harmonização de cores na decoração. Primeiramente vamos entender os tipos de harmonização que existem:

Harmonização monocromática

Pela imagem acima já é possível adivinhar um exemplo com essa harmonização. Os diferentes tons de uma mesma cor podem gerar conforto visual e é o jeito mais fácil de fazer uma combinação simples e elegante. Mas, ao mesmo tempo em que são fáceis de combinar, não permitem uma harmonia tão vibrante como a de complementar, que explicaremos logo mais. Essas diferentes tonalidades de uma mesma cor combinam bem com cores neutras, preto e branco.

Harmonização análoga

É a harmonia de uma cor primária (vermelho, amarelo ou azul) com suas duas cores vizinhas, como mostra o círculo cromático na imagem acima. Essa harmonização é tão simples quanto a monocromática, só que é mais rica, por haver um contraste maior entre as cores, mas ainda assim não cria uma harmonia tão vibrante quanto a harmonização complementar. Dica: tente não usar muitos tons em uma harmonização análoga para não destruir a harmonia como um todo!

Harmonização complementar

É a harmonia gerada pela combinação de cores opostas no círculo cromático e que gera contraste harmônico e simetria, como no caso da imagem acima. Podemos dizer que o vermelho é a cor simétrica do verde e vice-versa. Para utilizarmos essa harmonização da melhor forma possível, o melhor é escolher uma cor dominante para o ambiente e a cor simétrica ser utilizada em detalhes. Dica: evite utilizar cor ocre e castanho nessa harmonização!

Harmonia triádica

É a harmonia que utiliza três cores equidistantes no círculo cromático. Esse tipo de combinação gera contrastes interessantes e é muito utilizado por artistas porque oferece um alto contraste visual ao mesmo tempo em que conserva o balanço e a riqueza das cores.

Harmonização do complemento dividido

É a harmonia obtida através de uma cor em conjunto com as adjacentes de seu complementar. Por exemplo: na imagem acima, a cor complementar do vermelho é o verde e as cores adjacentes ao verde são o azul-verde e o amarelo-verde, por isso a combinação de cores vermelho, azul verde e amarelo verde é harmônica. Dica: evite utilizar cor ocre e castanho nessa harmonização também!

Harmonização dupla complementar ou tetrada

É a harmonia obtida por dois pares de cores complementares entre si. Essas combinações são mais ricas e interessantes visualmente, pois utiliza quatro cores, todas complementares. Cuidado, pois essa é a harmonia mais difícil de se trabalhar!

Aqui você aprendeu na teoria utilizar a harmonização de cores na decoração, mas nada impede que você crie sua própria combinação de cores, desde que se sinta satisfeita e faça bem aos olhos! Escolha os melhores papéis de parede na Bucalo para completar seu ambiente!

Gostou? Compartilhe nas redes sociais: