Coliving: descubra o que é essa tendência de moradia

Você já ouviu falar neste termo: Coliving? Coliving é compartilhar uma moradia com outras pessoas, espaços comuns, recursos e atividades diárias. Em um coliving as pessoas podem viver mais próximas e cooperar umas com as outras.

Coliving: descubra o que é essa tendência de moradia 

O coliving (ambiente compartilhado) é para qualquer pessoa que esteja pronta para abraçar um modo de vida totalmente diferente, mais conectado, colaborativo e menos oneroso para o bolso.

Coliving: o que é?

Coliving: descubra o que é essa tendência de moradia
 
Coliving é uma tendência de moradia em que as pessoas buscam abraçar o coletivo, economizar e adotar um estilo de vida prático e sustentável. Você pode ter seu próprio quarto, mas dividir sala de estar, lavanderia, cozinha, varanda e outros espaços de convivência.

Coliving: descubra o que é essa tendência de moradia 

Nesse modelo de moradia, todas as contas da casa estão inclusas, inclusive de limpeza e manutenção. O espaço é projetado por empresas especializadas. A cada dia surgem mais adeptos e grupos de pessoas que se juntam para alugar, comprar e até construir Colivings em todas as partes do mundo.

Qual a sua origem?

Coliving: descubra o que é essa tendência de moradia
 
Apesar de ser relativamente novo, o conceito Coliving tem origem em 1972, na Dinamarca. Surgiu com o nome de cohousing, um termo que define o compartilhamento de habitações.

A primeira comunidade existente abrigava 35 famílias que tinham suas próprias moradias, mas compartilhavam espaços de convivência e tarefas comuns, como refeições e limpeza.

Em 1988, o arquiteto Charles Durrett começou a aplicar o conceito em ambientes corporativos nos EUA. Abriu a The Cohousing Company e passou a defender que o convívio compartilhado é o segredo para um mundo sustentável.

A partir da década de 90, o conceito de Coliving chegou ao Canadá e no comecinho dos anos 2000 começou a fazer um grande sucesso na Ásia e Europa. Em terras brasileiras, começou a chamar mais a atenção por volta de 2013.

Qual a diferença entre Coliving e república?

Coliving: descubra o que é essa tendência de moradia
 
É bastante comum que se confunda o conceito de Coliving com o de repúblicas que recebem estudantes, porém existem algumas diferenças entre esses modelos de moradia, mesmo que pareçam sutis.

Na pensão ou república, o morador aluga um quarto e divide áreas em comum com colegas. Assim como no Coliving existe uma convivência intensa, a grande diferença está na visão, no senso de comunidade, economia colaborativa e sustentabilidade.

Coliving: descubra o que é essa tendência de moradia 

A ideia dentro de um Coliving é que todos ali possam ajudar-se em situações do cotidiano, desde o preparo de um café/almoço, compartilhamento de utensílios/objetos, até uma carona para não atrasar no trabalho.

Para que uma pessoa faça parte de um coliving é essencial existir identificação com questões e objetivos que a conecte com outros moradores. Esse processo costuma ocorrer por meio de reuniões e alinhamento de perfis.

Vantagens do Coliving

Coliving: descubra o que é essa tendência de moradia
 

As principais vantagens de escolher esse tipo de moradia são: economia de recursos financeiros, otimização de tempo com atividades cotidianas, alinhamento de ideias e objetivos, maior convivência, troca de experiências e pratica da coletividade.

Você pode estar se perguntando agora: vou alugar um espaço e viver em contato com outras pessoas o tempo todo? A resposta é não! Todo Coliving tem pelo menos um quarto individualizado. E sempre que quiser, você pode ter aquele momento só seu, com total privacidade! 

E aí, conta para os nossos leitores: você mora em um Coliving? Qual são suas melhores experiências neste espaço compartilhado, sustentável e colaborativo? Deixe seu comentário. 

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário