5 dicas para reduzir custos na loja de decoração

Uma das grandes preocupações dos lojistas do ramo de decoração são os custos envolvidos em seu negócio. Das eventuais e variáveis despesas até os valores maiores, destinados ao pagamento de aluguel do espaço, salários, mercadorias, etc. Com tantos números e contas a pagar é importante organizar as finanças e ter controle sobre tudo. Mesmo porque, se não houver esse cuidado, a rentabilidade e lucros do podem ficar seriamente comprometidos.
 
Então, qual o segredo para melhorar a gestão dos recursos financeiros? Criar um plano eficiente para reduzir os custos na loja de decoração é, sem dúvida alguma, a melhor estratégia a ser seguida. No primeiro momento pode parecer difícil, pois o medo de não entregar para o cliente aquilo que ele espera é grande, não é mesmo? Mas, é fundamental que você entenda que é possível sim diminuir os custos e manter o mesmo padrão de qualidade.
 

Confira 5 dicas para reduzir custos na loja de decoração

5 dicas para reduzir custos na loja de decoração Uma das grandes preocupações dos lojistas do ramo de decoração são os custos envolvidos em seu negócio. Das eventuais e variáveis despesas até os valores maiores, destinados ao pagamento de aluguel do espaço, salários, mercadorias, etc. Com tantos números e contas a pagar é importante organizar as finanças e ter controle sobre tudo. Mesmo porque, se não houver esse cuidado, a rentabilidade e lucros do podem ficar seriamente comprometidos. Então, qual o segredo para melhorar a gestão dos recursos financeiros? Criar um plano eficiente para reduzir os custos na loja de decoração é, sem dúvida alguma, a melhor estratégia a ser seguida. No primeiro momento pode parecer difícil, pois o medo de não entregar para o cliente aquilo que ele espera é grande, não é mesmo? Mas, é fundamental que você entenda que é possível sim diminuir os custos e manter o mesmo padrão de qualidade. Confira 5 dicas para reduzir custos na loja de decoração 1 - Faça uma boa leitura das finanças Para começar, avalie todos os gastos para saber ao certo sua situação financeira atual. Coloque no papel tudo que entra e sai da sua loja, o resultado proveniente das vendas em cada período e o total pago nas contas mensais. Não deixe passar absolutamente nada: do dinheiro utilizado para comprar canetas, bobinas, cartuchos de impressora até aquelas despesas que pesam mais no bolso como aluguel do imóvel, reposição de produtos, folha de pagamento, por exemplo. Feito isso, você terá condições de verificar quais deles estão fazendo o maior estrago no orçamento, criar meios efetivos para reduzir custos na loja de decoração e, assim, equilibrar as finanças. 2 - Gere economia nas pequenas despesas Quando falamos em diminuir custos na loja de decoração, logo vem a mente as despesas maiores. Mas, a verdade é que não é tão fácil reduzi-las. Você não pode, por exemplo, mexer no salário dos funcionários, certo? No entanto, você pode gerar economia nas despesas menores. Eliminar o uso de descartáveis, diminuir o consumo de energia, negociar taxas bancárias da conta jurídica, mudar o plano de telefonia e internet, entre outros. Por mais que você pense que não vai fazer tanta diferença, imagine conseguir uma redução de R$ 200,00 ao final do mês? Em 12 meses, você terá economizado R$ 2.400,00. Excelente! 3 - Tenha um bom fundo de reserva Uma boa forma de não ser surpreendido com despesas extras e evitar prejuízos em sua loja é ter uma fundo de reserva: depositar todo mês em uma conta separada um determinado valor para arcar com os custos de férias, 13º salário, etc. O mesmo vale para realizar pequenas reformas no PDV: uma pintura nova nas paredes, a compra de móveis... Se você juntar dinheiro e tiver condições de pagar a vista, pode conseguir um bom desconto e reduzir custos na loja de decoração. 4 - Renegocie preços com fornecedores Além de fazer uma boa leitura das suas finanças, diminuir os custos nas despesas menores e contar com um fundo de reserva, você deve tentar renegociar preços e outras condições com seus fornecedores. Se essa parceria for de longa data, vai ficar mais fácil chegar a um acordo favorável. Qualquer desconto adicional em uma compra ou mesmo prazos maiores para efetuar o pagamento, já vão fazer uma boa diferença. Se não houver flexibilidade, ou seja, a conversa não trouxer resultados, pense na possibilidade de pesquisar outros fornecedores, que sejam tão bons quanto os que você tem hoje. Se a intenção é reduzir custos na loja de decoração, vale tudo! 5 - Tenha cuidado com o estoque Tão importante quanto conseguir pagar um bom preço pelos produtos e obter outras vantagens e facilidades é avaliar com cuidado a quantidade necessária para abastecer o estoque do seu Ponto de Venda. Nesse caso, você deve agir com cautela: não comprar mercadorias de mais e nem de menos. Aqui vale trabalhar com uma margem mínima de segurança e levar em conta o que os clientes mais tem procurado em sua loja. Quer reduzir os custos na loja de decoração? Comece a ter um controle maior sobre o estoque e realizar pedidos de acordo com a demanda para não ter que lidar com o fantasma de itens parados e com pouco giro. Adote medidas inteligentes para contornar situações difíceis, aumentar os lucros e ser bem sucedido em seu negócio. E reveja sempre que possível suas estratégias e inclua outras para alcançar bons resultados.

1. Faça uma boa leitura das finanças

Para começar, avalie todos os gastos para saber ao certo sua situação financeira atual. Coloque no papel tudo que entra e sai da sua loja, o resultado proveniente das vendas em cada período e o total pago nas contas mensais. Não deixe passar absolutamente nada: do dinheiro utilizado para comprar canetas, bobinas, cartuchos de impressora até aquelas despesas que pesam mais no bolso como aluguel do imóvel, reposição de produtos, folha de pagamento, por exemplo.
 
Feito isso, você terá condições de verificar quais deles estão fazendo o maior estrago no orçamento, criar meios efetivos para reduzir custos na loja de decoração e, assim, equilibrar as finanças.
 

2. Gere economia nas pequenas despesas

Quando falamos em diminuir custos na loja de decoração, logo vem a mente as despesas maiores. Mas, a verdade é que não é tão fácil reduzi-las. Você não pode, por exemplo, mexer no salário dos funcionários, certo? No entanto, você pode gerar economia nas despesas menores. Eliminar o uso de descartáveis, diminuir o consumo de energia, negociar taxas bancárias da conta jurídica, mudar o plano de telefonia e internet, entre outros.
 
Por mais que você pense que não vai fazer tanta diferença, imagine conseguir uma redução de R$ 200,00 ao final do mês? Em 12 meses, você terá economizado R$ 2.400,00. Excelente!
 

3. Tenha um bom fundo de reserva

Uma boa forma de não ser surpreendido com despesas extras e evitar prejuízos em sua loja é ter uma fundo de reserva: depositar todo mês em uma conta separada um determinado valor para arcar com os custos de férias, 13º salário, etc.
 
O mesmo vale para realizar pequenas reformas no PDV: uma pintura nova nas paredes, a compra de móveis... Se você juntar dinheiro e tiver condições de pagar a vista, pode conseguir um bom desconto e reduzir custos na loja de decoração.
 

4. Renegocie preços com fornecedores

Além de fazer uma boa leitura das suas finanças, diminuir os custos nas despesas menores e contar com um fundo de reserva, você deve tentar renegociar preços e outras condições com seus fornecedores. Se essa parceria for de longa data, vai ficar mais fácil chegar a um acordo favorável. Qualquer desconto adicional em uma compra ou mesmo prazos maiores para efetuar o pagamento, já vão fazer uma boa diferença.
 
Se não houver flexibilidade, ou seja, a conversa não trouxer resultados, pense na possibilidade de pesquisar outros fornecedores, que sejam tão bons quanto os que você tem hoje. Se a intenção é reduzir custos na loja de decoração, vale tudo!
 

5. Tenha cuidado com o estoque

Tão importante quanto conseguir pagar um bom preço pelos produtos e obter outras vantagens e facilidades é avaliar com cuidado a quantidade necessária para abastecer o estoque do seu Ponto de Venda. Nesse caso, você deve agir com cautela: não comprar mercadorias de mais e nem de menos. Aqui vale trabalhar com uma margem mínima de segurança e levar em conta o que os clientes mais tem procurado em sua loja.
 
Quer reduzir os custos na loja de decoração? Comece a ter um controle maior sobre o estoque e realizar pedidos de acordo com a demanda para não ter que lidar com o fantasma de itens parados e com pouco giro.
 
Adote medidas inteligentes para contornar situações difíceis, aumentar os lucros e ser bem sucedido em seu negócio. E reveja sempre que possível suas estratégias e inclua outras para alcançar bons resultados.
 
5 dicas para reduzir custos na loja de decoração

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário