Índice de endividamento: descubra o que é e como calcular

Já falamos aqui que o planejamento financeiro é primordial para uma empresa. Além de registrar e acompanhar as contas de perto, é preciso dar atenção aos empréstimos adquiridos com as instituições financeiras e acordos firmados em curto, médio e longo prazo.
 
Índice de endividamento

 Um dos indicadores para exercer este controle é o índice de endividamento. Normalmente se recorre a ele quando existem dívidas que podem perdurar por um bom tempo. O indicador também é usado para identificar se o negócio vai bem ou não.

Afinal, o que é índice de endividamento?

Índice de endividamento


Conhecido também como IE, o índice de endividamento é responsável por mostrar a evolução das dívidas dentro de um determinado período. Além disso, ele ajuda na identificação do valor necessário para o negócio continuar funcionando plenamente.

Outra questão que o indicador permite avaliar é se os recursos estão sendo utilizados para cobrir despesas ou realizar investimentos. Hoje você vai entender melhor sobre a composição do endividamento (CE) e índice de endividamento geral (EG).

Como calcular do índice de endividamento geral?

Índice de endividamento


O EG é muito utilizado pelas empresas com o intuito de analisar a proporção dos ativos que estão sendo bancados por terceiros, sendo uma ferramenta que permite uma visão ampla da saúde financeira do negócio.

Antes do cálculo, você precisa entender que os ativos são os direitos e os passivos se referem as obrigações, certo? A fórmula é: EG = Capital de terceiros + Ativos x 100. Vamos para um exemplo prático:
 
Digamos que a sua empresa conte com os seguintes dados:
 
Ativos totais: R$ 600.000;
Passivos de curto prazo: R$ 40.000;
Passivos de longo prazo: R$ 160.000.
 
Então, para realizarmos o cálculo, temos: EG = R$ 160.000 / R$ 600.000 x 100 = 26,6%
Quanto menor o percentual, menor será a dependência de recursos financeiros vinda de terceiros.
 

Como calcular a composição de endividamento?

Índice de endividamento 

 
O CE tem o objetivo de mostrar qual a política de captação de dinheiro para a empresa através de terceiros, se o endividamento que existe é de curto ou longo prazo, por exemplo.
 
A fórmula é: CE = Passivos de curto e longo prazo / Capital de terceiros x 100. Vamos para um exemplo prático:
 
Passivos de curto prazo: R$ 40.000;
Passivos de longo prazo: R$ 160.000.
Então, para realizarmos o cálculo, temos: CE = R$ 40.000 / 160.000 x 100 = 25%
 
Sabendo disso, concluímos que o endividamento de curto prazo do negócio é de 25% e de longo prazo 75%. Aqui existe um tempo maior para pagamento do maior montante de dívidas.
 
Simples, não é mesmo? Mas lembre-se sempre: efetuar estes cálculos é importante, no entanto não é suficiente para saber da saúde financeira geral do negócio. Por isso, você precisa acompanhar periodicamente outros indicadores.
 
De qualquer forma, o ideal é evitar a todo custo o acúmulo de dívidas com um bom planejamento estratégico e saber administrar melhor os recursos financeiros. Tudo isso para a sua empresa não cair no vermelho.
 
Utilize o índice de endividamento como suporte e alcance resultados melhores para o seu negócio já!

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário