Quer abrir um e-commerce de decoração? Veja estas dicas.

O segmento de Casa & Decoração é um dos mais procurados para abertura de um e-commerce no Brasil e a preferência se deve ao fato de ser um setor em franco crescimento, que tem gerado um número significativo de vendas pela internet, um verdadeiro sucesso.

De fato esse é um cenário muito favorável e talvez seja a melhor opção para quem deseja empreender e aumentar a competitividade do mercado, mesmo porque o ramo de decoração é bastante amplo e conta a todo o momento com novidades, o que pode fazer com que seu público seja cada vez maior.

Se você é mais um dos empresários que querem seguir por esse caminho e deseja abrir um e-commerce de decoração, preste atenção nas etapas para implantação da sua loja virtual.

Dicas para abrir um e-commerce de decoração:



Plano de Negócios



  • Estude a concorrência;

  • Realize o mapeamento do público-alvo;

  • Determine e planeje um investimento para abrir seu e-commerce;

  • Faça o levantamento de todas as características da loja virtual;

  • Defina o layout da página;

  • Organize o catálogo de produtos;

  • Tenha um plano de logística e política de trocas;

  • Determine preços e formas de pagamento;

  • Decida entre estrutura própria ou marketplace

  • Defina qual plataforma será utilizada e como será implementada;

  • Planeje o marketing com as principais ações que serão realizadas;

  • Realize uma simulação financeira com todos os custos e investimentos previstos;

  • Projete o fluxo de caixa para os primeiros dois anos;

  • Alinhe as expectativas com quem for realizar o desenvolvimento da loja virtual.


Conheça algumas ferramentas de divulgação


Marketing de Busca: são as estratégias voltadas para a otimização do seu e-commerce nas principais ferramentas de busca. Referem-se a SEO, links patrocinados e plataformas de comparação de preços.

Marketing de Relacionamento: são, na prática, os principais canais de comunicação dos clientes com o seu e-commerce. Perfis em mídias sociais, como o Facebook, o Twitter, o LinkedIn e o Instagram se encaixam nessa categoria, e é essencial que sua loja esteja presente naquelas mais relevantes para o seu negócio.

Marketing de Display: refere-se à divulgação dos seus produtos por meio de banners em sites, blogs e portais bastante acessados pelo seu público-alvo.

Marketing de Conteúdo: essa ferramenta está pautada na oferta de conteúdo relevante e de qualidade aos seus clientes, por meio de um blog e do compartilhamento em redes sociais.

Acompanhe os resultados


Assim que a loja virtual estiver no ar, com as ações de marketing já iniciadas, você precisará acompanhar os primeiros resultados de perto, certo?

Para isso, existem ferramentas disponíveis como o Google Analytics que permitem analisar todas as estatísticas do site.

Conheça os principais indicadores, definidos no plano de negócios, para você acompanhar no seu e-commerce de decoração:

  • Receitas

  • Taxa de conversão

  • Ticket médio

  • ROI: retorno do investimento por canal de marketing

  • Custo de aquisição de clientes

  • Life Time Value (lucro gerado por cliente)

  • Perfil: localização, sexo, idade

  • Tipo: usuários novos e que retornam ao site

  • Dispositivos: vendas por desktop e mobile (celular e tablets)


 

Agora você se sente mais preparado para abrir um e-commerce de decoração?

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário