Reajuste de preços: como aplicar aumentos sem prejudicar as vendas

É comum realizar no início do ano o reajuste de preços, mas é importante levar em conta muitos aspectos para não prejudicar as vendas. De fato não é uma tarefa fácil. Só que existem sim meios de driblar possíveis rejeições e manter o negócio saudável.

Reajuste de preços: como aplicar aumentos sem prejudicar as vendas 

O primeiro aspecto é ter uma justificativa razoável para os aumentos. Afinal, quando há uma explicação plausível, os consumidores aceitam mais facilmente o reajuste de preços a serem pagos.

Por que fazer o reajuste de preços na loja?

Reajuste de preços: como aplicar aumentos sem prejudicar as vendas
 

Quando um novo ano se inicia, o mercado também acompanha o novo ciclo. Normalmente as despesas com funcionários, matéria-prima e/ou fornecedores crescem. E com isso surge a necessidade de reavaliar a margem de lucro e os ganhos.

A orientação dos especialistas é chegar a um ponto de equilíbrio, baseando-se no estudo do setor e concorrência. Não adianta trabalhar com preços que não são admitidos pelo mercado ou fazer um reajuste muito baixo e ter prejuízos. 

Então, agora vamos elencar algumas dicas simples de como fazer o reajuste de preços sem assustar os clientes e impactar negativamente no ritmo das vendas. Ficou curioso?  Preste bastante atenção!

Ofereça descontos antes de aumentar os preços

Reajuste de preços: como aplicar aumentos sem prejudicar as vendas
 
No começo do ano também é comum fazer promoções com os produtos encalhados em estoque, não é mesmo? E usar essa ferramenta é uma boa alternativa antes de fazer o reajuste de preços na loja.

Os clientes sempre buscam situações de vantagem, não tem jeito.  E ter a sensação de estar economizando é ótimo. Só é bom deixar claro que algumas mudanças estão por vir. E também manter a expectativa de excelentes ofertas num futuro próximo.

Faça reajustes de forma gradual

Reajuste de preços: como aplicar aumentos sem prejudicar as vendas
 
Para não gerar um impacto negativo nos clientes e na imagem da sua marca o ideal é reajustar os preços aos poucos. Já que um aumento substancial pode, além de assustar, fazer com que os consumidores busquem os concorrentes.

Seja cauteloso nessa hora. Se for questionado, saiba argumentar. Explique que o reajuste de preços ocorreu devido ao aumento considerável dos custos, o que realmente justifica sua atualização.

Ofereça mais e supere as expectativas

Reajuste de preços: como aplicar aumentos sem prejudicar as vendas
 
Melhoria no atendimento, facilidades de pagamento e produtos novos e atrativos também podem justificar o reajuste de preços. Os clientes levam isso em consideração na hora de pagar por um valor superior. 

Geralmente quando isso acontece, os consumidores buscam validação através da avaliação do que está sendo oferecido a mais. Por isso é essencial focar em aplicar diferenciais e tornar memorável a experiência de compra.

Recompense a fidelidade

Reajuste de preços: como aplicar aumentos sem prejudicar as vendas
 

Após efetuar o reajuste de preços na sua loja, pense na possibilidade de disponibilizar vantagens e descontos para seus clientes fiéis, sem que isso interfira na rentabilidade e nos lucros.

Essa é, sem dúvida, a melhor forma de reconhecer a preferência e recompensá-la. Além de ser um jeito de demonstrar a importância que os clientes têm para o seu negócio e encorajar o retorno frequente dos mesmos.

Agora que você já sabe como fazer da melhor maneira o reajuste de preços na sua loja sem prejudicar as vendas, chegou à hora de partir para a ação. Esperamos que você tenha sucesso nos resultados!
 

Compartilhe essa página

Deixe seu comentário